Mestrado Profissional em Saúde da Família

PROFSAÚDE
por Portal PPSAF
Publicado: 26/07/2017 - 14:15
Última modificação: 30/04/2020 - 12:19

O Mestrado Profissional em Saúde da Família é uma proposta de curso em rede nacional, apresentado pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO) e instituições de ensino e pesquisa que atuam no país. 

O Mestrado Profissional em Saúde da Família terá duração mínima de 18 meses e máxima de 24 meses, com carga horária total de 960 horas. Serão 42 créditos distribuídos entre 32 créditos para as disciplinas obrigatórias (480 horas) e 10 créditos para disciplinas eletivas e/ou atividades complementares (150 horas) e 22 créditos para dissertação (330 horas).

O PROFSAÚDE ocorrerá na modalidade semipresencial. Do total de 960 horas, 832 horas serão desenvolvidas em trabalho online e 128 horas em trabalho desenvolvido em encontro físico-presencial entre os participantes de cada uma das universidades, sendo, portanto, muito maior a carga horária online do que a presencial. São previstos oito encontros físico-presenciais; no primeiro e segundo semestres ocorrerão três destes encontros em cada um e no terceiro e quarto semestres apenas um em cada um.

As atividades EaD serão desenvolvidas no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) - Open Source Moodle (Modular Object Oriented Distance Learning – Objeto Modular Orientado ao Ensino a Distância), por ser um software livre, de ambiente colaborativo de aprendizagem, possibilitando ações educativas compartilhadas através da utilização de tecnologia, onde todos os sujeitos envolvidos podem atuar simultaneamente. É um software possível de ser utilizado em qualquer sistema operacional, além de ter positivamente as características da adaptabilidade e usabilidade.

 

Perfil do ingressante:

O Curso é direcionado a profissionais de saúde, em especial aqueles da atenção básica e Saúde da Família, com atuação e/ou interesse em docência/preceptoria.

 

Perfil do egresso:

Espera-se formar profissionais com capacidade de:

• realizar e coordenar atividades de docência e preceptoria;
• ter compromisso de aprendizagem ao longo da vida;
• desenvolver projeto de pesquisa e de intervenção;
• produzir conhecimento no campo da Saúde da Família a partir da prática no serviço;
• utilizar informações em saúde para tomada de decisão;
• planejar, implementar, monitorar e avaliar as ações de saúde na ESF;
• desenvolver atividades de promoção da saúde, reconhecendo saberes e práticas existentes no território;
• realizar a gestão da clínica na APS;
• atuar na APS, incorporando criticamente as políticas públicas de saúde como referenciais.

AnexoTamanho
PDF icon Projeto Político Pedagógico257.57 KB
Documento de reconhecimento: 
Duração Mínima: 
18 meses
Duração Máxima: 
24 meses
Conceito CAPES: 
2017 - Nota 3